Reunião com petistas de Salto, Itu, Porto Feliz e Elias Fausto

Cerca de vinte companheiros petistas, trabalhadores de diversas categorias profissionais: Papeleiros, Condutores, ECTistas, Construção Cívil, Professores, jornalistas e militantes do movimento negro, realizaram no último dia 17 de dezembro na cidade de Salto, interior de São Paulo, uma franca discussão sobre a necessária unidade pela Reconstrução do PT.

No diálogo realizado, os presentes aprovaram um comunicado da reunião dirigido aos Petistas da região(abaixo), propondo chapas de unidade pela Reconstrução do PT. Também organizaram novas reuniões do Diálogo Itinerante na região – Itu e Porto Feliz, em janeiro de 2017 e aprovaram uma moção dos presentes de apoio ao sindicato dos Papeleiros contra a proposta do Temer de comprar e imprimir papel moeda no exterior.

Aos Petistas de Salto, Itu, Elias Fausto, Porto Feliz e região

Reunidos em 17 de dezembro no Diálogo Itinerante pela Reconstrução do PT em Salto, com os companheiros Roberto Felício e Markus Sokol, discutimos a conjuntura política; a situação do partido e como dar os passos para enfrentar os desafios que nos são impostos nesse momento; discutimos como defender o PT, como ferramenta para a defesa dos interesses da classe trabalhadora; discutimos o Fora Temer e a luta por nenhum direito a menos e como ajudar os sindicatos e a CUT na construção da proposta da Greve Geral.

Não queremos conciliação com golpistas, nem participação em governos de que atacam os direitos do povo com a PEC do Fim do Mundo, a reforma da previdência, o ataque a Educação (MP do Ensino Médio) a entrega do pré-sal para as multinacionais, a defesa da soberania brasileira a partir da luta pela manutenção da produção exclusivamente nacional do papel moeda e dos empregos dessa cadeia produtiva, entre outros ataques.

Queremos dar voz ao povo para enfrentar essas instituições antidemocráticas, com uma Constituinte para fazer as reformas populares.

Nós queremos discutir com todos e todas a necessidade de Unidade para Reconstruir o PT, de chapas com esse objetivo e o compromisso de reabertura das sedes dos diretórios municipais, bem como sua manutenção com recursos próprios.

Propomos, sob esses pontos reunir militantes para agirmos juntos e fazermos do nosso PT a arma de defesa dos direitos dos trabalhadores, do povo e da juventude.

Para fortalecer a ação regional de nossos militantes o Diálogo Itinerante pela Reconstrução do PT, terá sua continuidade assegurada com outras etapas em todas as cidades da região onde os militantes Petistas assim o desejarem.

Saudações Petistas.

Salto, 17 de dezembro de 2016.

Assinam esta carta:

Carlos Eduardo Ribeiro, militante do PT Salto
Erasmo Rocha dos Santos, militante PT Salto
Fábio Neves de Freitas, militante PT Salto
Paulo Fabrício Rodrigues da Silva, militante PT Salto
Marco Antônio da Silva Oliveira, militante do PT Salto
Sérgio da Costa Mercês, militante PT Salto
Silvio Quintino Lacerda, militante PT Salto
Vagner Lúcio, militante PT Salto
Ezequiel Franco, militante do PT Itu
Francisca Idalina da Silva, PT Itu
Anderson de Lima, militante do PT Elias Fausto
Fabiane Araújo, militante do PT Porto Feliz
Fábio U. P. de Proença, militante PT Porto Feliz
Luiz Gustavo Pompeu, militante PT Porto Feliz

Moção de apoio ao Sindicato dos Papeleiros de Salto e Região

Companheiros e companheiras do Sindicato dos Papeleiros de Salto e Região.

Nós militantes do Partido dos Trabalhadores (PT), das cidades de Salto, Itu, Elias Fausto e Porto Feliz, reunidos no I Diálogo Itinerante pela Reconstrução do PT, discutimos e avaliamos a ofensiva do governo ilegítimo e golpista contra a classe trabalhadora em todo país.

Em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras bradamos Fora Temer e promovemos a luta por nenhum direito a menos, nesse período confuso e conturbado pelo qual atravessa nossa democracia.

Expressamos nosso total apoio à defesa da produção do papel moeda exclusivamente nacional, como afirmação da soberania do Estado brasileiro e, também a manutenção dos empregos diretos e indiretos associados a esta cadeia produtiva.

Repudiamos a MP 745/16, a qual autoriza a importação de papel moeda do exterior sem licitação e somos solidários a qualquer ação de resistência e luta da categoria a esse ataque neoliberal que põe em risco os postos de trabalho do setor para atender a compromissos de interesses internacionais com os patrocinadores ocultos do golpe que removeu a Presidenta Dilma Roussef (PT).

Salto, 17 de dezembro de 2016.

Assinam:

Carlos Eduardo Ribeiro, militante do PT Salto
Erasmo Rocha dos Santos, militante PT Salto
Fábio Neves de Freitas, militante PT Salto
Paulo Fabrício Rodrigues da Silva, militante PT Salto
Marco Antônio da Silva Oliveira, militante do PT Salto
Sérgio da Costa Mercês, militante PT Salto
Silvio Quintino Lacerda, militante PT Salto
Vagner Lúcio, militante PT Salto
Ezequiel Franco, militante do PT Itu
Francisca Idalina da Silva, PT Itu
Anderson de Lima, militante do PT Elias Fausto
Fabiane Araújo, militante do PT Porto Feliz
Fábio U. P. de Proença, militante PT Porto Feliz
Luiz Gustavo Pompeu, militante PT Porto Feliz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s