Ensino à distância na pandemia e os profissionais da Educação

O DAP Salvador se reuniu no dia 20 com professores para discutir os impactos da pandemia na educação e a necessária luta pelo fim do governo Bolsonaro.

Diretor da CNTE abriu a discussão

A reunião teve como convidado o professor Nelson Galvão, do DAP de São Paulo e dirigente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Ele abordou os problemas da crise atual que aumentam a precarização do trabalho docente.

Nelson destacou como os professores estão submetidos às pressões da modalidade de ensino a distância (EAD), implementada em diversas cidades e setores no país, com consequências que vão desde perdas salariais até adoecimento físico e/ou psicológico.

A discussão

Uma professora destacou como a modalidade de ensino virtual invade a privacidade dos professores e destacou as diversas demissões no setor privado, justificadas pelos patrões em virtude do alto índice de evasão, especialmente na educação infantil.

Outro professor destacou que a linha do governo Bolsonaro sempre foi de ataque à educação e apresentou sua preocupação com a questão da exigência de reposição das aulas pós pandemia como mais um fator de sobrecarga dos docentes.

Houve ainda um professor que afirmou ser contrário a implantação do EAD: “a realidade das escolas são muito diferentes e é impossível exigir que todas sigam o mesmo plano de implementação de EAD”.

Maíra Oliva, da executiva estadual do PT Bahia, destacou a necessidade do governo Rui Costa (PT) adotar medidas de proteção dos empregos e dos direitos dos trabalhadores da educação.

Continuar o debate

A importância da organização dos professores para resistir aos ataques do governo Bolsonaro também foi pauta da reunião. O grupo decidiu continuar e ampliar o debate sobre o tema dos impactos da pandemia na educação.

EaD na educação pública ignora que 42% das casas não têm computador

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: