Deputado Marcelo Ramos confrontado em Parintins/AM

Deputado Marcelo Ramos confrontado em Parintins/AM. Militantes do PT que participaram da atividade (inclusive uma boa turma do DAP) impulsionaram coleta de assinaturas ao abaixo-assinado contra a Reforma da Previdência. Veja os vídeos e fotos do ato.

Debaixo de muita vaia, Deputado diz que reforma na previdência do jeito que está não passa!

Foi calorosa a recepção que os professores estaduais, municipais e demais servidores fizeram ao presidente da Comissão Especial da Reforma Previdência, Deputado Federal Marcelo Ramos (eleito pelo PR do Amazonas), nesta quinta (02) em Parintins/AM.

Uma multidão se aglomerava desde as 16 horas com cartazes contra a reforma e cantando palavras de ordem. O Deputado foi recebido com gritos de traidor assim que chegou.

Servidores esperam o Deputado Marcelo Ramos
Servidores esperam o Deputado Marcelo Ramos

Marcelo Ramos tem compromisso com o Presidente Bolsonaro de aprovar a reforma o mais rápido possível. Quase sem conseguir falar por conta das vaias, ele acabou recuando, dizendo que “do jeito que está não vai passar”.

Aguardando a chegada do Deputado

Ninguém aceitou a conversa de retirar algumas categorias da reforma. A reforma é ruim para o trabalhador. Ou se vota a favor ou se vota contra, não existe o meio termo, era o sentimento dos populares no auditório.

Pra tentar apaziguar os ânimos, Marcelo Ramos defendeu Lula. Mas foi lembrado que seu partido, o PR, votou a favor da Emenda Constitucional 95 (congelamento de gastos por 20 anos) e da Reforma Trabalhista, que prometia gerar emprego e recuperação econômica – o que – como sabíamos – não ocorreu. Exatamente o mesmo discurso de agora para a previdência.

No plenário, participantes interpelam o Deputado
No plenário, participantes interpelam o Deputado

O deputado não soube dizer se privilegiados são trabalhadores que ganham até dois salários mínimos, a principal parcela de trabalhadores que a reforma vai prejudicar!

“cadê o traidor? ferrou o trabalhador!” cantam os manifestantes

Militantes do PT que participaram da atividade (inclusive uma boa turma do DAP) impulsionaram coleta de assinaturas ao abaixo-assinado contra a Reforma da Previdência.

Gustavo Passaneli
Executiva Municipal do PT Parintins

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: