DAP se fortalece no Recôncavo baiano

*Com informações de Paulo Riela

No último sábado (24), no Recôncavo da Bahia, petistas de várias cidades se reuniram para debater as propostas do Diálogo e Ação Petista para o 7° Congresso do Partido dos Trabalhadores, e a organização de atividades de discussão política sobre a situação internacional e nacional chegar a todos os filiados do partido.

As reuniões aconteceram nos municípios de Santo Antônio de Jesus, Sapeaçu e Muritiba. Entre os presentes estavam Aline Pires (Executiva do DM do PT de Santo Antônio de Jesus), Djenane (membro da direção da Associação do Professores Universitários Recôncavo), Elielson Aquino (membro da seção local ASSUFBA), Luís Gomes (presidente do PT de Conceição do Almeida), José Carlos Melo (presidente do PT de Sapeaçu), William Lordelo (secretário de Organização do DM do PT de Cruz das Almas), Paulo Riela (Executiva do diretório estadual do PT-BA), Evaldo Santana (Presidente do PT de Muritiba), Mariana Morais (Diretora da Associação de Agricultores da Sapucaia e Coordenadora Estadual dos Territórios), Ronaldo Assis (SINTAJ), Ronaldo Fiuza e Maria do Carmo (Coordenação Estadual do DAP BA), servidores públicos e lideranças de movimentos sociais.

Os presentes discutiram as relações entre a luta dos trabalhadores em defesa dos direitos e da soberania nacional na Argélia, na Venezuela e no Brasil; os problemas da política de conciliação de classes e suas consequências na degradação das condições de vida do povo e na construção do PT como instrumento de luta dos trabalhadores.

Leia também:
Materiais da chapa do DAP estão disponíveis
Ajude a financiar o DAP no PED
DAP realiza evento de lançamento da chapa 210
Misa Boito: avançar ou recuar, eis a questão!

“Na Bahia é preciso de uma direção que fortaleça o PT. Ele tem que ser independente do governo. Rui Costa não pode apoiar a reforma da Previdência, defender cobranças em universidades públicas, fazer parcerias público privadas, militarizar escolas, querer privatizar Embasa (empresa pública de água e saneamento), etc. O partido tem que exigir que ele negocie com funcionalismo, e seja uma trincheira de resistência contra governo Bolsonaro e por Lula livre”, declarou Paulo Riela.

Por fim, reafirmaram a necessidade, do PT continuar sendo um ponto de apoio fundamental na luta em defesa dos direitos e pelo Fim do Governo Bolsonaro. Bem como, se comprometeram em ampliar a discussão sobre a defesa de candidaturas próprias do PT nos municípios do Recôncavo da Bahia e  transformar o dia de votação do PED em um dia de luta por Lula Livre.

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: