1º de maio: Diálogo na porta da siderúrgica CSN e na feira em Volta Redonda

Assim como em várias partes do Brasil, em Volta Redonda/RJ, os companheiros e companheiras do Diálogo e Ação Petista Sul Fluminense estiveram nas ruas no 1º de maio sem patrões e sem golpistas. As atividades começaram logo cedo: às 6 da manhã, presentes na portaria da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) com panfletos e caixa de som para dialogar com os operários. Eles tiveram uma ótima aceitação do nosso material, o que animou a atividade que aconteceria por toda a manhã deste 1º de maio.

Abaixo-assinado da testagem

Após a ida à CSN, o DAP foi para a feira-livre da cidade, com panfletos, faixas e banquinha com o abaixo assinado do projeto de lei municipal da testagem em massa. O PL 002/2021 já fora aprovado pelos vereadores da cidade, vetado pelo prefeito Neto (DEM), porém a Câmara já derrubou o veto, tornando-o Lei Municipal. Dialogando com a população que passa pela rua, foram várias as assinaturas recolhidas. Alguns vinham afirmar que era excelente ver o PT na rua dialogando com o povo. Outros deixaram contato para serem convidados para as próximas reuniões.

Avaliação

Mesmo com dificuldades, com pouco envolvimento real das organizações, o DAP SulFlu cumpriu um papel importante, agindo como o PT agia, na rua, discutindo, agrupando e dialogando com o povo que sofre com o governo Bolsonaro. Seguiremos firmes e fortes! O próximo passo é a presença do DAP no ato convocado em Volta Redonda contra a chacina ocorrida na favela do Jacerezinho.

Jeffei

user

Diálogo e Ação Petista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: