Inflação de Paulo Guedes esvazia as panelas e gera desespero nas famílias

Viralizou entrevista de aposentada em Alagoas para a Rede Globo chorando por conta dos preços no supermercado. A inflação de Paulo Guedes/Bolsonaro esvazia as panelas e gera desespero nas famílias. Com altas de até 17%, preços de carne e ovos vão bater de novo inflação em 2021. E deve piorar em julho e agosto. Proteína na mesa será coisa de rico agora, piorando a segurança alimentar dos brasileiros. Por isso o DAP levanta, desde as últimas eleições em 2020, a necessidade de tabelamento dos preços dos alimentos e gêneros de primeira necessidade. Leia alguns trechos da matéria do Estadão Conteúdo publicado no UOL Economia.

tabelamento de preços

Com a renda comprimida e o desemprego em alta, ter carne vermelha no prato pesará cada vez mais no bolso dos brasileiros. E o cenário não será diferente se a alternativa escolhida for o frango, os ovos ou a carne de porco. Especialistas projetam que a inflação para as proteínas vai superar a marca de 10% este ano, após já ter disparado em 2020. O aumento previsto para 2021 está bem acima da estimativa para a inflação oficial (IPCA), de 5,9%.

De acordo com a consultoria LCA, a maior alta neste ano continuará sendo no preço da carne de boi (17,6%), seguida da de porco (15,1%) e de frango (11,8%). Alternativa às carnes, o valor do ovo de galinha também deve subir (7,6%). Já a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) prevê um aumento nos preços do frango entre 10% e 15% já no fim de julho e início de agosto.

user

Diálogo e Ação Petista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: