Ao meu amigo PT (Por César Brandão)

AO MEU AMIGO, PT…..aceite de todo coração partido, esses versos tristes de quem te ama. ESTÃO A MALTRATAR DEMAIS NOSSO VELHO “ACAMPAMENTO”.. QUE TANTO NOS ACOLHEU DAS TEMPESTADES…. E DOS VENTOS… QUANTAS NÃO FORAM AS CHUVAS, DE BALAS E ENFRENTAMENTOS DE SONHOS SE FIZERAM LUTAS DE TÁBUAS ASSENTAMENTOS ESTÃO A MALTRATAR DEMAIS QUEM UM DIA…