Contra a reforma da Previdência e por Lula livre, DAP-SP realiza Encontro Estadual

O Diálogo e Ação Petista realizou no último sábado (29) seu Encontro Estadual em São Paulo. O evento aconteceu no auditório do Sindicato dos Químicos de São Paulo, no bairro da Liberdade, e reuniu cerca de 140 pessoas de 14 cidades do estado de São Paulo: Caieiras, Guarulhos, Indaiatuba, Itupeva, Jundiaí, Osasco, Piracicaba, Ribeirão Pires, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Carlos, São Paulo e Taboão da Serra.

Na abertura das atividades, o deputado federal Vicentinho destacou o trabalho de organização da base petista que a militância do DAP vem realizando nos últimos anos, em defesa do Partido dos Trabalhadores e do companheiro Lula.

A companheira Misa Boito abordou os principais objetivos e assuntos que seriam debatidos durante o Encontro. Misa fez também um balanço dos primeiros 6 meses de governo Bolsonaro. Em sua opinião, apesar de estarmos diante de um governo autoritário, não podemos caracterizar o governo Bolsonaro como um governo fascista (por exemplo, a realização da Greve Geral convocada pelas centrais no 14 de junho não ocorreria em um regime fascista), apesar de ter elementos fascistas e fascistóides ao redor de Bolsonaro. E afirmou que a classe trabalhadora ainda conta com suas organizações representativas e estas estão dispostas a enfrentar os retrocessos.

O ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh fez um relato emocionado sobre sua relação enquanto advogado de Lula, do processo arbitrário e prisão injusta a que o ex-presidente está sendo submetido; e da tortura psicológica que ele e sua família estão sofrendo.

Sergio Antiqueira, Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo, falou sobre a reforma da Previdência proposta pelo atual governo contextualizando os ataques mais recentes com o golpe de 2016, relembrando os ataques ao PT e ao governo de Dilma Rousseff, que acabaram culminando no impeachment.

Luiz Marinho, presidente do PT Paulista, também participou do encontro. Em sua fala, Marinho destacou a importância da unidade dentro do PT para enfrentar os desafios que estão postos diante da conjuntura política e dos atuais governos – estadual e federal –, e da campanha pela liberdade do companheiro Lula.

Markus Sokol, membro do Comitê Nacional do DAP, destacou a falta de confiança no governo Bolsonaro e o crescente descontentamento da população. Em sua opinião, o Brasil vive um estado de exceção há 3 anos e Bolsonaro representa o agravamento desta crise institucional. Sokol também comentou a crise social que vive o país, com o aumento do desemprego e exclusão social.

Aqui você acessa todas as fotos do encontro e neste link você assiste a transmissão ao vivo que fizemos no dia do evento. E acessando aqui você lê a Carta aos Petistas de São Paulo, que foi escrita ao fim deste Encontro Estadual. Acesse, comente, curta e compartilhe!

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: