Não à aliança com o PSD em Santa Maria/RS

Os aderentes do DAP de Santa Maria, no Rio Grande (290 km de Porto Alegre/RS), lançam um apelo à direção municipal do PT para reverter a aliança com o PSD, aprovada por maioria em 15 de maio. O PSD é base do governador Eduardo Leite (PSDB) e acaba de entrar oficialmente no governo Bolsonaro. É, portanto, uma aliança contraditória com as decisões do 7o. Congresso do PT.

Lembramos que Santa Maria é uma cidade com mais de 200 mil eleitores. A chapa e aliança majoritárias deverão ser referendadas pela Executiva Nacional do PT, conforme resolução da CEN de 14 de abril.

Bolsonaro recria Ministério das Comunicações e nomeia deputado do PSD

“A miragem do medo do ‘isolamento’ não pode nos jogar ao lado dos que avalizam a retirada dos direitos do povo brasileiro. Junto com o povo não estaremos sozinhos.”

Aderentes do DAP de Santa Maria/RS

Carta aberta aos companheiros e companheiras do Diretório Municipal/PT de Santa Maria

PSD acaba de embarcar no ministério de Bolsonaro,
o que farão portanto na nossa chapa em Santa Maria?

O Diálogo e Ação Petista (DAP) batalha, em nível nacional, por candidaturas próprias do PT nas eleições municipais de 2020 e por alianças coerentes com as decisões do 7º Congresso do PT (“O PT, que não nasceu para ser força de apoio, deve puxar uma frente democrática e anti-imperialista contra Bolsonaro e os golpistas. […] Não cabem alianças com partidos que dão sustentação ao programa de destruição da nação e dos direitos da classe trabalhadora imposto por Bolsonaro”).

Esta semana (17/6) Jair Bolsonaro empossou o deputado do PSD, Fábio Faria, genro do empresário Silvio Santos, no recriado Ministério das Comunicações. Esta sua aproximação do “Centrão” ocorre ao mesmo tempo em que acelera sua escalada autoritária.

Nosso partido precisa ser um ponto de apoio para pormos fim a este governo e abrirmos uma saída política para o povo brasileiro. Por isso, o PT deve apresentar um programa conectado às necessidades dos trabalhadores. Não cabe, portanto, aqueles que dão apoio à política do governo Bolsonaro. Sem amarras, temos que ser os primeiros no enfrentamento político da redução dos orçamentos dos municípios e na luta pela ampliação dos serviços públicos, no pagamento em dia dos salários dos servidores e o cumprimento da lei do piso salarial nacional para os trabalhadores da educação.

Nesse sentido, consideramos que a aliança aprovada pelo Diretório Municipal do PT de Santa Maria/RS com o PSD – base de Eduardo Leite no RS e agora no ministério de Bolsonaro e seus generais – é contraditória com o papel a que o partido é chamado a assumir. A miragem do medo do “isolamento” não pode nos jogar ao lado dos que avalizam a retirada dos direitos do povo brasileiro. Junto com o povo não estaremos sozinhos.

Ainda é tempo de corrigirmos este erro.

Aderentes do Diálogo e Ação Petista (DAP) em Santa Maria/RS

2 comentários em “Não à aliança com o PSD em Santa Maria/RS

  • 29 de junho de 2020 em 12:03
    Permalink

    Esse tipo de aliança não pode acontecer, aqueles que querem essa aliança, na realidade quais são seus reais obejitivoc?

    Resposta
    • 29 de junho de 2020 em 21:48
      Permalink

      essa é uma grande discussão, companheiro. sugerimos organizar uma discussão ai na sua região

      Resposta

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: