Greve nacional dos correios

Todo apoio a greve nacional dos correios contra a privatização!

Funcionários do correio de todo o país decidiram entrar em greve nesta segunda-feira (17). Para a FENTECT – Federação Naconal dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Similares – não há prazo para o fim da paralisação. Ao todo a greve contempla 36 sindicatos em uma mobilização nacional. Apenas no estado de Minas Gerais, mais de 300 cidades entraram em greve diz Robson Silva, presidente do SINTECT-MG em um rápido balanço do primeiro dia da manifestação.

Os trabalhadores protestam contra a privatização dos Correios e denunciam negligência com as condições de saúde e segurança aos quais estão sendo submetidos durante a pandemia. O movimento se inicia após uma série de tentativas da categoria em negociar tais pontos e após a revogação do acordo coletivo, com vigência prevista até 2021.

Tal revogação vem acompanhada da proposta de retirada de cerca de 70 cláusulas que garantiam direitos como adicional de risco, vale alimentação, licença maternidade de 180 dias, auxílio creche, indenização de morte, auxílio para filhos com necessidades especiais e adicionais de horas extras e noturno.

A greve soma-se à luta dos trabalhadores contra as privatizações pretendidas pelo governo genocida de Bolsonaro e Guedes.

A luta dos trabalhadores dos correios também é nossa luta!

Um comentário em “Greve nacional dos correios

  • 19 de agosto de 2020 em 00:07
    Permalink

    O DAP sempre se posicionando ao lado dos(as) trabalhadores ( as )
    É motivo de orgulho e de ânimo para todos nós que sempre confiamos

    Resposta

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: